Colaborador de vereador que depôs no caso Marielle é encontrado morto


Carlos Alexandre era colaborador voluntário do vereador Marcello Siciliano (PHS). (foto: facebook)

Carlos Alexandre era colaborador voluntário do vereador Marcello Siciliano (PHS). (foto: facebook)

Policiais militares encontraram o corpo de Carlos Alexandre Pereira, de 37 anos, na noite de domingo (8), em uma rua no bairro da Taquara, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro. A Delegacia de Homicídios da capital investiga o homicídio.

Carlos Alexandre era colaborador voluntário do vereador Marcello Siciliano (PHS). O gabinete do parlamentar divulgou uma nota de pesar:

O vereador Marcello Siciliano foi ouvido na última sexta-feira (6) na Delegacia de Homicídios, no inquérito que apura as mortes da vereadora Marielle Franco (Psol), e do motorista do veículo em que ela estava, Anderson Pedro Gomes. O  crime ocorreu no dia 14 de março, no bairro do Estácio, região central da cidade, quando a parlamentar ia para casa, no bairro da Tijuca, zona norte.

O vereador Marcello Siciliano é citado em relatório da Polícia Civil sobre a influência da milícia em Jacarepaguá, nas eleições de 2014.

O depoimento do parlamentar à polícia durou quase três horas. Desde o início das investigações, pelo menos seis vereadores da Câmara Municipal do Rio foram ouvidos no inquérito que apura a morte da vereadora. A Polícia Civil informou que não comenta o teor dos depoimentos e que as investigações estão sob sigilo. (pulsar)

*Informação da Agência Brasil

Faça um comentário

− 5 = 1