Apenas 6% dos inscritos confirmaram participação no programa Mais Médicos


Faltam médicos no interior do país (foto: Givaldo Barbosa)

Faltam médicos no interior do país (foto: Givaldo Barbosa)

O Ministério da Saúde divulgou na tarde desta terça-feira (6) a lista dos 938 médicos brasileiros que confirmaram a participação no programa Mais Médicos. Esse número corresponde apenas a 6% das vagas a serem preenchidas. No entanto, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, avaliou positivamente os resultados.

Padilha apontou que “isso significa que 4 milhões de brasileiros, que estavam desassistidos, passarão a ser atendidos”. A maior parte dos médicos, correspondentes a 51,8% dos inscritos, vai atender nas regiões periféricas dos grandes centros e o restante, 48,1%, atenderão no interior do país, em regiões de grande vulnerabilidade social.

Segundo Padilha o processo continua e serão usadas todas as estratégias para atender à demanda de mais de 15 mil vagas apontadas pelos gestores municipais.

Dos 404 municípios que vão receber profissionais nessa primeira etapa, 213 estão em regiões com 20% ou mais de sua população em situação de extrema pobreza, 111 em regiões metropolitanas, e 56 em um grupo de 100 cidades com mais de 80 mil habitantes de maior vulnerabilidade social, já 24 dos municípios que receberão os médicos são capitais. Na distribuição dos profissionais, foram atendidos ainda 16 distritos sanitários indígenas.

Os 938 médicos que assinaram o termo de compromisso para participação no programa representam 5,6% dos 16.530 profissionais com registro profissional do Brasil que haviam se cadastrado inicialmente no sistema do Mais Médicos. O Ministério da Saúde dará mais uma oportunidade aos médicos brasileiros que chegaram a selecionar municípios, mas que não homologaram sua participação.

Segundo o Ministério da Saúde, o maior interesse dos profissionais é pelas regiões metropolitanas e cidades próximas ao litoral, e pouco mais da metade dos municípios que aderiram ao programa não tiveram sequer uma inscrição de médicos. (pulsar/brasilatual)

Faça um comentário

3 + 2 =