Acesso ao estádio Maracanã fica totalmente comprometido durante forte chuva


Chuva causa transtorno na região do maracanã (foto: Claudio Machado)

Chuva causa transtorno na região do Maracanã (foto: Claudio Machado)

A forte chuva que caiu na cidade do Rio de Janeiro na última quarta-feira (11)  não poupou o estádio do Maracanã. As ruas que dão acesso ao palco da final da Copa do Mundo precisaram ser interditadas pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) devido ao acúmulo de água na via.

O estádio está no centro de uma das regiões mais afetadas pelas chuvas no cidade, na Grande Tijuca, zona norte. No local, serão realizadas oito partidas na Copa do Mundo, incluindo a final da competição.

Os problemas de alagamento no entorno do Maracanã não são de hoje. Na última sexta-feira (6) a região  também sofreu com as chuvas. A água entrou nas salas de imprensa, estacionamento, banheiros e corredores da arena. O banco de reservas que fica numa área mais rebaixada com relação ao gramado, ficou totalmente coberto pela água.

Em março deste ano, em apenas 30 minutos o Maracanã recebeu um volume de 90 milímetros  de água da chuva que atingiu o Rio, com o estádio ainda em construção. Dados do Comitê Popular da Copa e Olimpíada, apontam que os gastos com a reforma do estádio chegaram a um bilhão e 97 milhões de reais. Desse valor, mais de 76% corresponde ao custo assumido pelo Estado, que só terá de volta 231 milhões de reais, ou seja, menos de 12% do investimento num prazo de 35 anos. (pulsar)

 

Faça um comentário

+ 51 = 60