Casos de pedofilia no Rio crescem 50% em um ano; especialistas alertam sobre vigilância nas redes


Cresce o número de casos de pedofilia na internet (foto: reprodução)

Cresce o número de casos de pedofilia na internet (foto: reprodução)

O aumento de 50  por cento nos casos de pedofilia via internet no Rio de Janeiro no período de junho de 2016 a junho deste ano reforça a necessidade de vigilância por parte dos pais de crianças e adolescentes. A opinião é da titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, Daniela Terrra.

Para ela, os pais devem ficar atentos às mensagens que os filhos trocam na internet. A delegada afirma que o aumento no número de casos é proporcional ao uso cada vez mais precoce da internet pelos jovens.

Para Itamar Gonçalves, gerente da Childhood Brasil, o número de crianças que já acessam a internet surpreende e, por isso, é preciso que os pais mantenham o dialogo com os filhos.

Daniela Terra explica que é cada vez mais frequente os registros deste tipo de crime na delegacia e, também, ressalta a importância da vigilância por parte dos pais. Ela destaca, ainda, que as vítimas, a maioria entre 8 e 14 anos, são atraídas por estratégias usadas pelos pedófilos que se utilizam de um perfil falso para ganhar a confianças das crianças.

O gerente da Childhood Brasil também reforça que é preciso orientar as crianças de que o “mundo virtual faz parte do mundo real”.

Segundo Daniela, a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática fez uma grande operação este ano que prendeu 10 pedófilos no estado do Rio, com ajuda de um programa adquirido pelo FBI e garantiu que o trabalho não terminou. (pulsar)

*Informações da Radioagência Nacional

Faça um comentário

60 − = 52