Mais de 800 mulheres morrem todos os dias por complicações na gravidez


(foto: hypescience)

(foto: hypescience)

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que mais de 800 mulheres morrem  todos os dias devido a complicações na gravidez. A pesquisa, divulgada nesta terça-feira (6), ainda registra a redução de 45% do número de mortes desde de 1990.

Segundo a OMS, 289 mil mulheres morreram no ano passado devido a problemas relacionados à gravidez e ao parto. O relatório destaca que quase a totalidade das mortes maternas ocorre em países em desenvolvimento, sendo que um terço do total é registrado na Índia, com uma taxa de 50 mil óbitos e na Nigéria, com 40 mil.

A discrepância com relação aos países desenvolvidos é alarmante. De acordo com a pesquisa, enquanto a taxa de mortalidade materna no ano de 2013 nos países em desenvolvimento foi de 230 mortes por 100 mil nascimentos, nos países desenvolvidos foi de apenas 16 por 100 mil nascidos vivos.

O estudo aponta que entre as principais causas de morte está a hemorragia severa, seguida por hipertensão induzida pela gravidez (14%), infeções (11%), obstruções e problemas no parto (9%), complicações relacionadas com o aborto (8%) e coágulos sanguíneos (3%). (pulsar/portalvermelho)

Faça um comentário

2 + 6 =