Aumenta o assassinato de mulheres na América Central


Apesar de leis, violência contra mulher aumentou

Apesar de leis, violência contra mulher aumentou (foto: reprod.)

As organizações de mulheres em Honduras, El Salvador e Guatemala informou que casos de feminicídio e violência contra as mulheres têm aumentado, apesar da existência de leis e mecanismos que definem crimes e estabelecem pautas para impedi-los.

O feminicídio se caracteriza pelo assassinato intencional de mulheres. O Observatório da Violência da Universidade Autônoma de Honduras, disse que entre 2005 e 2012, o assassinato de mulheres aumentou 3% ao ano. Em média, a cada ano, 51 mulheres morrem violentamente nesse país da América Central. Em El Salvador, o Centro de Mulheres (Cemujer) também relataram aumento no número de casos no país, registrando 274 nos primeiros seis meses de 2013.

Já na Guatemala, o Instituto Nacional de Ciências Forenses (Inacif) relataram pelo menos 403 mortes violentas de mulheres durante o primeiro semestre de 2013, 66 mais do que o registrado em 2012 no mesmo período. Neste país existe uma lei contra o feminicídio e outras formas de violência contra as mulheres, que apontam a brutalidade e a misoginia como elementos-chave para a resolução dos casos.

A Rede de Mulheres contra a Violência contra a Nicarágua (RMCV) também informou que naquele país o assassinato intencional de gênero contra as mulheres tem aumentado. Nos últimos meses, 43 mulheres foram assassinadas entre janeiro e junho deste ano, oito a mais do que o informado no mesmo período de 2012.

Carola Brantome, membro do RMCV disse que vão crescer protestos em todo o país vão defender a Lei 779 ou Lei contra a Violência contra as Mulheres. Em um comunicado, a rede disse que o aumento no número de casos se deve à falta de aplicação adequada da Lei contra Violência contra as Mulheres, que entrou em vigor em julho de 2012. (pulsar)

Leia essa nota em espanhol: http://www.agenciapulsar.org/dd-hh/aumentan-asesinatos-de-mujeres-en-centroamerica/

Faça um comentário

− 2 = 2