Moradores denunciam remoção de 2 mil famílias em conjunto de favelas visitado pelo papa


Uma das faixas chegou à beira da rua onde Francisco passou de papamóvel. (Foto: Fransérgio Goulart)

Um grupo de cerca de 40 pessoas aproveitou a visita do papa Francisco ao Conjunto de Favelas de Manguinhos, que fica na zona norte do Rio de Janeiro, para reivindicar o direito à moradia. O pontífice esteve nesta quinta-feira (25) em Varginha, uma das 11 comunidades da região.

Entre as faixas estendidas, uma grande criticava os impactos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Fransérgio Goulart, morador de Vila Turismo, outra favela de Manguinhos, acredita que o papa viu o recado. Além de pedir pelo fim das remoções, o protesto denunciou a violência policial nas favelas.

Segundo o Fórum Social de Manguinhos, do qual Fransérgio faz parte, pelo menos 2 mil famílias já foram “expulsas de suas casas” na região. O historiador conta que as remoções ocorrem principalmente por causa do programa municipal “Morar Carioca”. Fransérgio aponta que “as indenizações chegam a 20 mil reais, sendo baixas para a realidade de altos preços de imóveis do Rio”.

O papa discursou para milhares, que debaixo de chuva o receberam em um campo de futebol. Falou em saúde, educação e segurança, fazendo um apelo aos mais ricos e às autoridades públicas. Francisco pediu para que esses não se cansassem de “lutar por um mundo mais justo e mais solidário”.

Sobre isso, Fransérgio destaca que os projetos públicos de infraestrutura chegaram às favelas de Manguinhos justamente com essa intenção “de melhorar a vida dos moradores”. Porém, ele reforça, as obras “têm servido mais para dar lucros às grandes  construtoras ” privadas.

O militante diz que a ida do papa apenas levou uma maquiagem a Varginha. No entanto, ressalta que a visita do pontífice foi importante ao dar visibilidade aos reais problemas de Manguinhos, que entre os 126 bairros da capital fluminense, possui o quinto pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). (pulsar)

Audios:

Faça um comentário

+ 49 = 55