Estudos da OMS revelam que uma a cada três mulheres é vítima de violência no mundo


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

De acordo com uma série de estudos divulgados na última semana pela Organização Mundial da Saúde (OMS), uma em cada três mulheres é vítima de abusos físicos em todo o mundo. Entre 100 milhões e 140 milhões de mulheres são vítimas de mutilação genital e cerca de 70 milhões se casam antes dos 18 anos, frequentemente contra a sua vontade.

Os dados indicam que sete por cento das mulheres correm o risco de sofrer violência em algum momento das suas vidas. Além disso, a violência, exacerbada durante conflitos e crises humanitárias, tem consequências dramáticas para a saúde física e mental das vítimas.

Os investigadores apuraram que mesmo nos casos em que existe legislação forte e avançada de defesa das mulheres, muitas continuam a ser vítimas de discriminação, violência e falta de acesso adequado a serviços jurídicos e de saúde. Segundo os autores dos estudos, a violência contra as mulheres só vai retroceder se os governos colocarem mais recursos na luta e reconhecerem que ela prejudica o crescimento econômico.

O documento também afirma que os líderes mundiais deverem mudar legislações e instituições discriminatórias que encorajam a desigualdade e preparam o terreno para mais violência. (pulsar/revista fórum)

Faça um comentário

57 − = 50