Copa Popular na comunidade do Borel reúne atingidos pelos megaeventos esportivos no Rio


(foto: André Mantelli)

(foto: André Mantelli)

No próximo sábado (10), a comunidade carioca do Borel recebe mais uma etapa da Copa Popular, campeonato de futebol que tem reunido grupos de atingidos pela Copa do Mundo e Olimpíadas no Rio de Janeiro. Participam da competição moradores de comunidades ameaçadas de remoção, torcedores, vítimas de violência policial, trabalhadores ambulantes e apoiadores da luta.

A elitização do estádio do Maracanã, o processo de remoções em diversos pontos da cidade e a especulação imobiliária estão entre as situações vividas pelos jogadores. Na última etapa, no Santa Marta, o time do Criciúma foi o campeão feminino e a Frente Nacional dos Torcedores o masculino. Nesta edição, equipes da Indiana, Providência, Santa Marta, Glória de Macaé e Borel já estão confirmadas.

A Copa Popular é um evento organizado pelo Comitê Popular da Copa e Olimpíadas em parceria com a Associação Nacional de Futebol Feminino do Brasil. O objetivo do torneio é denunciar as violações de direitos fundamentais em razão das intervenções na cidade para os megaeventos esportivos, fomentar a resistência e buscar reparações para estes grupos. (pulsar/comitê popular rio copa e olimpíadas)

Faça um comentário

15 − = 14