Cinema africano é tema de mostra no Recife


Félicité é o filme de abertura da Baobácine / Divulgação/Baobácine

Félicité é o filme de abertura da Baobácine / Divulgação/Baobácine

Tem início nesta quarta-feira (23), em Recife (PE), a primeira edição da “Baobácine – Mostra de Filmes Africanos do Recife”, que segue até o sábado (26) e acontece no Cinema São Luiz, no centro da cidade. A mostra apresenta ao público filmes que raramente estão em circuitos comerciais de cinema. Serão apresentados curtas, médias e longas, clássicos e contemporâneos, produzidos em países do continente africano.

A Baobácine é realizada por mulheres negras do audiovisual que integram o Fazendo Milagres Cineclube, em parceria com o Fórum Itinerante de Cinema Negro (Ficine). “Pensamos na possibilidade de incentivar uma atividade que pudesse se tornar permanente do calendário de Recife, e que pudesse atingir um público pouco maior, para além de cineclubistas e cinéfilos”, diz Ludimilla Carvalho, produtora-executiva da mostra.

Um minicurso sobre a trajetória do cinema africano também integra a mostra nos dias 24 e 25, já com inscrições encerradas. E no sábado (26), a partir das 14h, acontece uma roda de conversa aberta com o tema “Presença da mulher negra nos cinemas de África e Diáspora”, também no Cinema São Luiz.

Os ingressos para os filmes serão vendidos a R$ 6,00 inteira e R$ 3,00 meia entrada. As sinopses dos filmes estão disponíveis no endereço: www.baobacinemostra.blogspot.com.br. (pulsar/brasil de fato)

Faça um comentário

+ 53 = 57